• O NATAL É VERMELHO - *Tinha na cabeça que tudo no mundo se conseguia por um exercício doloroso de vontade e que as frases tinham de ter um encantamento que convocasse o prime...
    Há 2 dias

quarta-feira, 30 de março de 2011

EX-VICE PRESIDENTE DE LULA DA SILVA MORREU AOS 79 ANOS

.
Isabel Gorjão Santos – Público – 29 março 2011

José Alencar lutava há 15 anos contra um cancro

José Alencar foi vice-presidente do Brasil durante os dois mandatos de Lula da Silva, entre 2003 e 2010. Morreu nesta terça-feira, aos 79 anos, depois de ter sido internado no hospital Sírio-libanês de São Paulo. Lutava há 15 anos contra um cancro que já o tinha obrigado a 17 cirurgias e vários internamentos.

A doença não o impediu de exercer as funções de vice-presidente do Brasil desde 2003, mas já não lhe permitiu estar presente na cerimónia de tomada de posse da actual Presidente Dilma Rousseff, a 1 de Janeiro. Segundo um comunicado do hospital, foi ontem internado mas acabou por morrer com falência múltipla de órgãos. Apesar dos sucessivos tratamentos, a doença já lhe tinha afectado os rins e o estômago.

Em Dezembro de 2010, já após as eleições de Outubro, o ex-vice presidente brasileiro voltou a ser operado após uma hemorragia digestiva e recebeu no hospital a visita de Lula da Silva e Dilma Rousseff, que agora interromperam a sua visita a Portugal para estarem presentes no funeral. Naquela altura, chegou a dizer à actual Presidente que queria recuperar a tempo de estar presente na tomada de posse, mas os médicos aconselharam-no a não comparecer.

Empresário de sucesso à frente da Coteminas, uma das principais empresas da indústria de tecidos do Brasil, Alencar liderou várias associações comerciais até ser eleito para presidir à Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais.

Iniciou a sua carreira política em 1993, quando se filiou no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). No ano seguinte concorreu ao governo de Minas Gerais e ficou em terceiro lugar. Já em 1998 foi eleito para o Senado com três milhões de votos, recorda o “Folha de São Paulo”. Aí presidiu às comissões permanentes de Serviços e Infra-estruturas e de Assuntos Económicos, até ser eleito vice-presidente em 2002.

A partir de 2004, e até 2006, acumulou essas funções com as de ministro da Defesa, tendo acabado por ser reeleito, juntamente com Lula da Silva, e, apesar da doença, cumpriu o mandato até ao fim. Casado, pai de três filhos e avô de cinco netos, chegou a ser considerado um dos candidatos às eleições de Outubro, mas a doença impediu-o de concorrer.

Esta terça-feira, Lula da Silva recebeu em Portugal a notícia da morte de Alencar. “Nós éramos mais do que companheiros, éramos dois irmãos”. O antigo Presidente termina a visita mais cedo, mas estará amanhã em Coimbra para receber o doutoramento honoris causa. “Vou recebê-lo e dedicá-lo ao meu amigo”.


Sem comentários: