• Portugal | MATANÇA - *Ora a perda de cem vidas humanas, nas circunstâncias em que ocorreu – dois picos de vagas incendiárias muito concentradas no tempo e imprevisivelmente d...
    Há 1 dia

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Brasil: Número de mortes em Teresópolis (RJ) sobe para 114

.

139 morrem na região serrana

FOLHA. COM - DO RIO – 12 janeiro 2011

A Prefeitura de Teresópolis (RJ) confirmou que o número mortes em consequência das fortes chuvas que atingem a região serrana do Rio chegou a 114 na tarde desta quarta-feira. Com isso, são 139 mortos na região --18 em Petrópolis e 7 em Nova Friburgo. O número de mortes ainda pode aumentar.

O major Gilberto Santos, da Defesa Civil de Nova Friburgo, afirmou que até as 17h30 haviam sido localizados 21 corpos de vítimas das chuvas na cidade. Desse total, 11 mortes foram registradas no centro da cidade e as demais em outras localidades. A Prefeitura, porém, só confirma oficialmente até agora sete mortos.

O prefeito Jorge Mário Sedlacek (PT) assinou o decreto de estado de calamidade pública no município em razão dos danos.

A Defesa Civil de Petrópolis estima que o número de vítimas na cidade passe de 40, pois muitas pessoas podem ter sido arrastadas pelas águas, dificultando a localização dos corpos.

No fim da manhã, após pedido do governado Sérgio Cabral (PMDB), a Marinha autorizou a liberação de dois helicópteros nas ações de resgate das vítimas das chuvas. As aeronaves serão utilizadas para auxiliar o transporte de pessoal e equipamentos do Corpo de Bombeiros.

Segundo a Marinha, serão enviados um aparelho de grande porte e outro de pequeno porte da força aeronaval. Não está previsto o envio de tropas.

CHUVA

As chuvas que atingiram a região entre a noite de ontem e a manhã desta quarta-feira se aproximaram do esperado para todo o mês de janeiro inteiro, segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Em 12 dias, já choveu em Nova Friburgo 84% a mais do que o volume esperado para todo o mês. Das 9 h de ontem às 9 h desta quarta-feira, foi registrado um índice pluviométrico de 182,8 mm --o índice esperado para janeiro inteiro era 199 mm. Desde o começo do ano, as chuvas acumuladas na cidade são de 366,8 mm. Cada milímetro equivale a um litro de água por metro quadrado.

Já em Teresópolis, o volume de chuva registrado nas mesmas 24 horas chegou a 124,6 mm. Com isso, as chuvas acumuladas no mês chegaram a 219 mm. O esperado para o período era de algo entre 140 e 200 mm.

Em Petrópolis, a região do Vale do Cuiabá foi a mais atingida na cidade, com a água subindo mais de cinco metros de altura. Muitas casas foram destruídas pela força das águas do rio Santo Antônio. O Inmet não tem números sobre a chuva na cidade. A previsão do instituto é que as chuvas fortes continuem nos próximos dias, na região serrana e em outras áreas do Estado do Rio.

AJUDA

O governador Sérgio Cabral conversou no começo da tarde de hoje com a presidente Dilma Rousseff para tratar das medidas emergenciais em relação à tragédia causada pela chuva. Cabral está em férias com a família, fora do país, e só chegará ao Rio amanhã.

O governo editará medida provisória liberando R$ 700 milhões para ajudar os Estados atingidos pelas fortes chuvas dos últimos dias. O Ministério do Planejamento confirmou ter recebido do Ministério da Integração Nacional pedido de crédito extraordinário no Orçamento deste ano.

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, prometeu visitar na tarde desta quarta-feira as áreas afetadas. A visita é uma das medidas do governo federal acertadas ontem pelo ministro Antonio Palocci (Casa Civil) para ajudar o Estado. Ele se reuniu em Brasília com o senador eleito Lindberg Farias (PT-RJ). A conversa foi acompanhada via conferência telefônica pelo governador Cabral.

O vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), coordena em campo as operações dos bombeiros e Defesa Civil. Segundo ele, a situação é muito grave, e em alguns lugares o acesso só é possível por helicóptero.

- Veja imagens dos estragos causados pelas chuvas
- Leia a cobertura completa sobre as chuvas no país
.

1 comentário:

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra generico
http://precioviagraespana.net/ viagra generico