• IRRACIONALIDADE HUMANA! - * Martinho Júnior | Luanda * *... “Una importante especie biológica está en riesgo de desaparecer por la rápida y progresiva liquidación de sus condici...
    Há 45 minutos

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Moçambique – O PREÇO DO ARROZ ESTABILIZA

.

JORNAL DE NOTÍCIAS (moçambique) – 08 janeiro 2011

DEZASSETE mil toneladas de arroz resultantes de um donativo do Japão encontram-se disponíveis desde ontem no país. O Ministro da Indústria e Comércio, Armando Inroga, garantiu ontem, em Maputo, que com a disponibilidade daquela quantidade deste cereal, avaliada em cerca de 10 milhões de dólares norte-americanos, estão criadas as condições para que o preço do produto se estabilize no mercado nacional.

“Ao conseguirmos fazer coincidir a chegada do navio com esta ajuda alimentar do Japão em Janeiro vamos assegurar uma estabilidade dos preços de um dos principais produtos de consumo alimentar, que é o arroz, e também permitir que as famílias tenham maior rendimento, porque não vão ter despesas adicionais da inflação associada à subida de preços”, disse o ministro.

Armando Inroga, que falava a jornalistas durante a cerimónia de recepção do arroz doado pelo Japão, explicou também que o Governo pretende estabilizar a distribuição e fornecimento dos produtos alimentares de forma a que a partir de Março próximo as medidas de contenção aprovadas pelo Conselho de Ministros sejam suspensas.

“Isso vai permitir que a economia volte, de forma natural, ao seu ciclo de crescimento e de criação de condições de vida para as populações, quer rurais, quer urbanas, de Moçambique”, disse Inroga.

O governante realçou também que das 17 mil toneladas disponíveis 7 mil se destinam à região sul, 5 mil para a zona centro e igual quantidade para o norte do país.

“Na última semana de Dezembro tivemos uma baixa de preços dos produtos alimentares em consequência do excesso de oferta que houve, associada à quadra festiva, e pretendemos, sem distorcer o mercado, manter essa tendência até final de Janeiro para que as famílias tenham os rendimentos que necessitam para pôr os filhos na escola e começar o processo do desenvolvimento do país”, afirmou Inroga.

Por seu turno, o embaixador do Japão, Susumu Segawa, disse que o donativo foi feito sob programa de Ajuda Alimentar do Governo Japonês à República de Moçambique para o ano fiscal de 2009.

“A razão pela qual o Japão coopera na contínua ajuda alimentar em Moçambique é o facto de a alimentação ser a base da vida humana”, disse.

O diplomata nipónico explicou ainda que o Governo do Japão tem implementado vários projectos nas áreas de desenvolvimento rural, meio ambiente, mudanças climáticas e capacitação dos funcionários públicos e apoio à reforma institucional.
.

Sem comentários: