• O NATAL É VERMELHO - *Tinha na cabeça que tudo no mundo se conseguia por um exercício doloroso de vontade e que as frases tinham de ter um encantamento que convocasse o prime...
    Há 1 dia

domingo, 9 de janeiro de 2011

Votação no Sudão está a decorrer bem, clima é de confiança - ONU

.

MDR – LUSA

Lisboa, 09 jan (Lusa) - A votação no referendo do Sul do Sudão está a decorrer "de maneira positiva, mesmo entusiástica", muito bem organizada e num clima de confiança, disse à Agência Lusa António Monteiro, membro do painel de observação da ONU.

"Está a correr de uma maneira positiva, eu diria mesmo entusiástica. Desde manhã, da abertura dos centros, pudemos constatar o entusiasmo das pessoas, que desde muito cedo fizeram longas filas para votar", disse António Monteiro, contactado telefonicamente para Juba, principal cidade do Sul do Sudão.

Segundo o embaixador português, a organização da votação está "muito bem - surpreendentemente quase - bem" e as autoridades, nomeadamente do presidente da região, Salva Kiir, com quem Monteiro e os outros observadores se reuniram hoje, têm mostrado "reações positivas e muito confiantes em relação ao futuro".

"É bom, um bom começo e, como nós dizemos, é sempre bom quando se começa bem", disse.

Quanto aos incidentes de sábado no estado de Unity e no enclave de Abyei que provocaram pelo menos quatro mortos, António Monteiro sublinhou que, embora preocupantes, estão a ser tratados corretamente pelas autoridades de forma a não prejudicar o decorrer da votação.

O incidente em Abyei, região próxima do norte, "não tem diretamente impacto no voto porque em Abyei não há centros de votação", mas é "naturalmente preocupante" porque o controlo desta província petrolífera é "talvez a mais delicada das questões que foram deixadas para posterior decisão".

Ainda assim, afirmou, "foram dadas garantias de que a situação está mais calma".
O incidente no estado de Unity "teve alguma repercussão" mas há, da parte das autoridades, "uma tentativa de o encarar como um incidente isolado" e de mostrar "que o importante agora é realizar o referendo e não ficar prisioneiro deste tipo de incidentes".

Os sudaneses do sul pronunciam-se a partir de hoje e durante uma semana sobre a manutenção da unidade com o resto do país ou a independência da região. Analistas, observadores e os próprios dirigentes do Norte contam com uma vitória clara dos apoiantes da secessão.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***
.

Sem comentários: