• A FRENTE NEGRA BRASILEIRA - *Carlos Roberto Saraiva da Costa Leite* | Porto Alegre | Brasil* Há 86 anos, em 16 de setembro de 1931, na cidade de São Paulo, foi criada a Frente Negr...
    Há 11 horas

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Egipto – A instigação à revolta para que não aconteça revolução

.

MARTINHO JÚNIOR

Garantir a manutenção sem alternativas da lógica capitalista de feição imperialista e neo colonial, é crucial para os interesses da globalização tutelada pela aristocracia financeira mundial e muito particularmente pela sua ala armamentista que possui aliás tradição de várias décadas no Egipto desde o regime de Sadat.

As forças armadas egípcias foram ao longo dessas décadas receptáculo dessas “ajudas” e, como é lógico, a doutrina militarista norte americana e de seus aliados (incluindo a afecta aos falcões israelitas) foi induzida como uma componente e um factor de elitismo. (1)

O Presidente Hosni Mubarak foi um dos membros das “novas elites” egípcias que mais beneficiaram com os negócios de vendas de armas por parte dos Estados Unidos ao Egipto: a sua fortuna e a de sua família está orçada entre 40.000 a 70.000 milhões de dólares, enquanto quase 50% do seu povo vegeta com 2 ou menos dólares de “orçamento diário”, numa altura em que o preço dos alimentos é cada vez mais elevado… (2)

Essa conjuntura interna de gestação de “novas elites” com o regime de Hosni Mubarak propiciou também aos falcões de Israel catapultar os seus interesses: o controlo “deep inside” do Egipto colocando os seus agentes ao mais alto nível, por dentro das forças armadas e dos serviços de inteligência, foi muito sensível para os objectivos desses falcões no Médio Oriente. (3)

O regime de Mubarak tornou-se exponencial no que diz respeito ao fosso das desigualdades, perseguindo o modelo ocidental e particularmente o modelo anglo-saxónico, o que possibilitou a instalação da dialéctica de manipulação que está em curso: em nome dos interesses geo estratégicos dos Estados Unidos e, por tabela, do “mercado”, desencadear a fabricação da revolta para que, garantindo a manutenção da lógica capitalista com abertura à “democracia representativa”, jamais aconteça a revolução!

Desalojados Mubarak e Suleiman do poder, são os militares que regem o Egipto “sem queimar um cartucho”, quando aqueles que foram para a praça estão longe de possuir organizações sociais fortes, estão longe da unidade, da coesão e da capacidade de decisão estratégica em nome de alternativas e, para os observadores mais atentos, foram-no para a praça Thrir de forma “espontânea”.

O “movimento Kerfaya” (o “basta” egípcio) é exemplo de se constituir em instrumento com vista a se alcançar um projecto de feição conforme ao derrube de Hosni Mubarak apenas para mudar moscas e mascarar na “democracia representativa” a garantia da manutenção do objectivo principal: manter a lógica capitalista e a estratégia dominante no Médio Oriente, em defesa da pirataria anglo-saxónica em relação ao petróleo e das pretensões dos falcões fundamentalistas de Israel!

Martinho Júnior - 16 de Fevereiro de 2011

Notas:
- (1) – A aposta no leopardo – Atílio Borón –
http://www.correiocidadania.com.br/content/view/5456/9/ ; EEUU sabía de las torturas cometidas en Egipto – Gonzalo Sanchez – Tercera Información – http://www.tercerainformacion.es/spip.php?article21992 ; Egipto: gendarmes e revoluções populares – Augusto Zamora R. – Rebelion / Carta Maior – http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=17365&editoria_id=6 ; Estratégia de la tensión en Egipto – Javier Ortiz – http://www.javierortiz.net/voz/samuel/estrategia-de-la-tension-en-egipto ; EUA estão seguindo seu velho manual no Egipto – Noam Chomski – Carta Maior / Diário Liberdade – http://www.diarioliberdade.org/index.php?option=com_content&view=article&id=12005:chomsky-eua-estao-seguindo-seu-velho-manual-no-egito&catid=241:direitos-nacionais-e-imperialismo&Itemid=156 ; Frank Wisner est arrivé au Cairo – Voltairenet – http://www.voltairenet.org/article168329.html ; Kefaya - Wikipedia – http://en.wikipedia.org/wiki/Kefaya ; Las cosas tienen de cambiar para que sigan siendo igual – Paul Craig Roberts – Counterpunch / Rebelión – http://www.rebelion.org/noticia.php?id=121582
- (2) – Essas ditaduras amigas – Ignacio Ramonet – Diário Liberdade –
http://www.diarioliberdade.org/index.php?option=com_content&view=article&id=11795:ignacio-ramonet-essas-ditaduras-amigas&catid=86:resenhas&Itemid=107 ; Património de Mubarak poderá ascender a 70.000 milhões de dólares – http://diario.iol.pt/internacional/ultimas-tvi24-egipto-mubarak/1231066-4073.html ; Ditadores não ditam, obedecem a ordens – Michel Chossudovski – O Diário Info – http://www.odiario.info/?p=1959 ; Lo que se calló Forbes – Cubadebate – http://www.cubadebate.cu/opinion/2011/02/14/lo-que-se-callo-forbes/comment-page-1/#comment-172678
- (3) – La detención de un espía israelí en Egipto sugiere lo que se juegan Washington y Tel Aviv – Gramna Internacional –
http://www.granma.cu/espanol/internacional/7febrero-la-detencion.html
.

Sem comentários: