• O NATAL É VERMELHO - *Tinha na cabeça que tudo no mundo se conseguia por um exercício doloroso de vontade e que as frases tinham de ter um encantamento que convocasse o prime...
    Há 11 horas

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

HOMEM MODERNO SAIU DE ÁFRICA BEM ANTES DO ESTIMADO

.

CONTROVÉRSIA – FOLHA - AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

O Homo sapiens saiu da África bem antes do que se imagina. A teoria vigente é que eles teriam migrado pela costa da África, em direção à do mar Mediterrâneo, por volta de 60 mil anos atrás.

Agora, segundo um trabalho a ser publicado na revista americana "Science" (edição desta sexta-feira), essa migração pode ter remontado a 100 mil e 125 mil anos, na península arábica.

Os indícios constam em ferramentas descobertas nos Emirados Árabes Unidos e estudadas por uma equipe internacional chefiada por Hans-Peter Uerpmann, da Universidade Eberhard Karls, em Tübingen, na Alemanha.

Os artefatos foram encontrados por um outro grupo científico, coordenado por Simon Armitage, do Royal Holloway da Universidade de Londres.

O período no qual o homem moderno começou a emigrar do continente africano e a sua dispersão pelo Mediterrâneo e ao longo da costa da península arábica são questões fundamentais sobre a evolução do homem moderno.

No sítio arqueológico de Jebel Faya, foram achados um conjunto de ferramentas, em particular sílex talhados em ambos os lados para cortar ou cavar, machados sem empunhadura e raspadeiras.

Usando uma técnica conhecida por datação por luminiscência por estímulo óptico, que permite medir há quanto tempo um objeto não está exposto à luz, descobriu-se que as ferramentas de pedra tinham origem há 100 mil a 125 mil anos atrás.

Segundo o estudo, os Homo sapiens teriam chegado à península arábica a partir do Chifre da África, já que naquela época o nível do mar era bem mais baixo.

fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/
.

Sem comentários: