• O NATAL É VERMELHO - *Tinha na cabeça que tudo no mundo se conseguia por um exercício doloroso de vontade e que as frases tinham de ter um encantamento que convocasse o prime...
    Há 11 horas

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

MUBARAK MANTÉM-SE NA PRESIDÊNCIA ATÉ ÀS ELEIÇÕES

.

JORNAL DE NOTÍCIAS – 10 fevereiro 2011

Mubarak vai manter-se na liderança do Egipto até à transição do poder nas próximas eleições, em Setembro. "Não aceito ordens externas", disse, esta quinta-feira, o presidente do país numa declaração televisiva. Mubarak anunciou, no entanto, que vai passar alguns poderes para o vice-presidente egípcio.

Mubarak pediu ainda desculpa pela morte de pessoas nos protestos no centro do Cairo e anunciou a alteração de seis artigos da Constituição para "facilitar as candidaturas e impôr um termo aos mandatos".

O presidente egípcio disse que ia criar condições para uma transição pacífica e afirmou que quer honestidade e transparência no processo que "começa hoje". Não se confirmaram os rumores que, durante o dia, davam conta de uma possível demissão.

"Não morreram em vão"

Referindo o caos que o país tem vivido, Hosni Mubarak lembrou os efeitos económicos dos dias de protesto. "Não podemos admitir a manutenção desta situação difícil", disse o presidente egípcio.

Instando todos a porem o interesse do Egipto acima de tudo, o líder do país não deixou de salientar que "este é um momento definidor na história do Egipto".

"Não morreram em vão", disse ainda o chefe de Estado egípcio, referindo-se aos manifestantes que fizeram da praça Tahrir, no centro do Cairo, o ponto principal da revolta contra o regime. Mubarak considerou que esta é uma "nova geração de jovens egípcios" e elogiou os que protestam nas ruas.

População em raiva

A desilusão e revolta com a declaração do presidente está a ser relatada por vários meios de comunicação internacionais.

Na praça Tahrir, no Cairo, gritou-se, após a declação do presidente: "Fora! Fora!"

A televisão "Al Jazeera" descreve momentos de revolta no centro do Cairo e a agência Reuters revela que os manifestantes exibem sapatos como forma de protesto.

Um jornalista da NBC garante que a multidão que estava na praça Tahrir, no Cairo, vai tentar chegar ao palácio presidencial, de onde Mubarak falou ao país.

Em Alexandria, uma multidão dirige-se para instalações militares ,descreve um jornalista da televisão árabe, que salienta a mudança de humor dos manifestantes. Antes da declaração de Mubarak, a população já festejava a sua saída do poder e agora mostra-se "furiosa" com a situação.

Obama convoca reunião com equipa da Segurança Nacional

Logo após o discurso, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, decidiu reunir hoje a sua equipa de segurança nacional, anunciou o seu porta-voz, Robert Gibbs, citado pela AFP.
.
.

1 comentário:

Anónimo disse...

[url=http://kaufencialisgenerikade.com/]cialis preise[/url] cialis
[url=http://acquistocialisgenericoit.com/]cialis[/url] cialis generico
[url=http://comprarcialisgenericoes.com/]cialis precio[/url] comprar cialis farmacia
[url=http://achatcialisgeneriquefr.com/]cialis prix[/url] generique cialis