• O NATAL É VERMELHO - *Tinha na cabeça que tudo no mundo se conseguia por um exercício doloroso de vontade e que as frases tinham de ter um encantamento que convocasse o prime...
    Há 1 dia

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Rio de Janeiro: Polícia estoura mansões do tráfico no alto do morro

.
Piscina em uma das casas do traficante Coelho era ponto de encontro de bandidos, em dias de muito calor Foto: Severino Silva / Agência O Dia

LESLIE LEITÃO – O DIA – 07 fevereiro 2011

Na fuga, bandidos conseguiram levar seus eletrodomésticos e eletrônicos

Rio - Embora os traficantes tenham retirado muito dos artigos de luxo obtidos com o dinheiro do crime, deixaram mostras do conforto com que viviam. No início da tarde de ontem, policiais da 6ªDP (Cidade Nova) localizaram uma piscina de 20 metros quadrados, com vista para a Baía de Guanabara, que acabara de ser construída na localidade conhecida como Terreirão, na divisa do Morro São Carlos com o Morro do Querosene.

Os traficantes Anderson Rosa Mendonça, o Coelho, e Sandro Luiz , o Lindinho ou Foca, inauguraram a piscina há pouco mais de uma semana. “Eles fizeram para organizar festinhas particulares em dias de calor. Ninguém da comunidade podia entrar. Só bandido”, disse um policial.

Coelho tinha também uma casa com piscina e churrasqueira e uma academia de ginástica, que foram encontradas pela PM. Agentes também acharam outra casa que Coelho teria dado a uma amante e uma espécie de ‘motel particular’, com cama e hidromassagem, onde ele organizava orgias.

Antes da ocupação de ontem, no entanto, os bandidos conseguiram retirar modernos aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos e outros itens de valor que faziam parte da mobília dos imóveis mais luxuosos do São Carlos. Segundo moradores, a semana passada foi de correria. Traficantes teriam organizado fuzis, pistolas, drogas e seus objetos mais caros. Colocaram em caminhões de mudança e buscaram novo lar.

Líderes buscam abrigo em outras favelas da cidade

O destino dos líderes da facção Amigos dos Amigos (ADA), que dominava o São Carlos, foi a Rocinha. Assim como Coelho e Foca, Valquir Garcia dos Santos, o Carré, da Coroa, também foi para São Conrado. Mas o secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, não confirmou o paradeiro deles. Informou apenas que órgãos de inteligência detectaram a movimentação dos criminosos, que serão presos.

Além da Rocinha, os morros do Urubu, do Dezoito, e da Pedreira, além do Caju, abrigaram bandidos do São Carlos e do Macacos, que já estavam lá. Os chefes dos morros da Fallet, Fogueteiro, dos Prazeres e Escondidinho, do Comando Vermelho, também fugiram. O local servira de abrigo para foragidos do Alemão. Agora, eles estão no Morro Santo Amaro, na Glória, e favelas da Zona Norte. Gerente geral do tráfico, Paulo César Batista de Castro, o Paulinhozinho, foi mais um que escapou.

Fugitivos achados em Laranjeiras

Policiais do 2º BPM (Botafogo) prenderam ontem em Laranjeiras Valdelir Teixeira de Jesus, de 33 anos, e Waltencir Gonçalves Júnior, 29, que teriam fugido quinta-feira do morro da Fallet. Eles estavam num apartamento da Rua Pereira da Silva. Os policiais receberem denúncia anônima. No apartamento, também foram presos o dono do imóvel, Cid Carvalho Morgado, 53, Álvaro Eduardo Cortez Pereira, 33, que teria ido buscar drogas, e Gabriela da Silva, 26. Ela seria namorada de Valdelir e teria ido levar comida para os bandidos. Todos foram para a 9ª DP (Catete).

>> LEIA MAIS: Polícia ainda procura arsenal do tráfico do São Carlos
>> LEIA MAIS: Falso médico alemão admite que atendia traficantes da Mineira
>> FOTOGALERIA: Morros do Centro, Santa Teresa e Estácio são ocupados
.

Sem comentários: