• IRRACIONALIDADE HUMANA! - * Martinho Júnior | Luanda * *... “Una importante especie biológica está en riesgo de desaparecer por la rápida y progresiva liquidación de sus condici...
    Há 42 minutos

segunda-feira, 7 de março de 2011

OS APRENDIZES DE FEITICEIRO DA DEMOCRACIA

.

ANGOLA 24 HORAS – 07 março 2011

QUEM TENTAR SE MANIFESTAR será neutralizado, porque Angola tem leis e instituições e o bom cidadão cumpre as leis, respeita o país e é patriota". – Bento Bento

A semana que passou foi fértil em decepções, após as que me referi no artigo anterior, tive o desprazer de ‘obrigar-me’ a mais uma, quase anedótica, desta feita de um politico a quem nutria uma certa admiração e fiz menção de tal num dos meus artigos, classificando-o como um ‘peso-pesado’; Lindo Bernardo Tito (LBT) “Ninguém pode trazer para Angola realidades de outros Países” (semanario a capital de 26Fev-5 de março) “Aceito e apoio todas as manifestações pacificas, de interesse geral, aceito e apoio, mas quando visam intranquilidade, insegurança politica e social, são manifestações não pacificas...

Agora compreendo o porque da letargia cumplice da chamada oposição ao MPLA-JES, ‘eles’ não querem a substituição ou o ‘derrube’ legal do MPLA-JES ou melhor, na verdade NUNCA HOUVE OPOSIÇÃO, é, foi sempre ‘oposição zero’. É razoável entender que o objectivo maior de qualquer partido politico é o PODER, é obviamente ‘derrubar’ (legalmente) o partido que detêm o poder e substitui-lo, e para tal, não basta só os discursos ‘amenos’ e sonolentos nas sessões do (par)lamento, Todos os partidos têm o DIREITO que a constituição lhes garante, para politizar e mobilizar os seus simpatizantes e apoiantes e recrutar outros, fazendo propaganda útil dos seus ideais e projectos para a Nação e o POVO, para o efeito é necessário mobilizar e planificar/realizar manifestações em forma de comicio popular ou outras. porque o MPLA-JES tem um medo atroz, doentio e bizarro de tudo que é manifestação popular?!..

Por outro lado, LBT como bom jurista que preza ser, reconhece que as leis condenam os actos e não os pensamentos, como pode antecipada e arbitrariamente julgar e condenar um acto, ou ‘decidir’ que a manifestação convocada para o dia 7, visa a Intranquilidade, insegurança politica e social?! Só pelo facto de os manifestantes ou os presumiveis manifestantes do dia 7, decidirem apelar a saida de JES do PODER? E afirmarem que BASTA DA DITADURA? não é isso mesmo, uma das manifestações da Democracia?! Quando nos EUA, o presidente Obama ‘fez passar’ o projecto sobre a reforma de saúde, houve uma grande manifestação CONTRA o OBAMA, cartazes públicos classificaram-no de Comunista (o pior insulto politico nos EUA) da mesma estirpe que Lenine, Marx e Engels, acusaram-no de tentar subverter a ordem politica, social e económica dos EUA...bem isso foi nos EUA, “ninguém pode trazer para Angola realidades de outros Países” e toda aquela politica de blá-blá-blá que os EUA têm uma democracia de mais de 100 anos etc. Etc. Ao longo da sua dissertação LBT fala de DEMOCRACIA, as palavras no gênesis deste artigo são da autoria de Bento Bento, o ‘super-homem’ do MPLA-JES, acha que tal resposta enquadra-se na moldura democratica a que LBT fez alusão?... “o aconselhável é que todos temos de fazer o debate do país de forma ordeira, abrangente, e desapaixonada para nos entendermos, independentemente das diferenças que existirem...”

Tive a impressão que LBT, vive num outro planeta (honestamente tenho dificuldades de acreditar que um tão ‘avisado’ politico da oposição (?!) diga tais ‘coisas’... FAZER O DEBATE...ABRANGENTE?!.. onde? Como? Quando? Se o MPLA-JES nunca permitiu tal ‘coisa’, amordaça, mata, assassina, maltrata, prende, inferniza, ostraciza tudo e todos que ‘ousarem’ fazerem tal debate ou contrariar os seus ‘ideais’, basta ler os jornais, ouvir a rádio, ‘ver’ a Televisão (funcionários da rádio, Jornal de Angola e TV são sancionados, por ‘fugirem’ da linha editorial oficial, isto é de bajulação a JES), aliás acho que não vale a pena entrar em tais detalhes, porque é por demais sabido por todos os Angolanos. Por isso de forma muito natural e ditatorial ‘surgirem’ as palavras no topo de BB em tom ameaçador, quando alguém da nomenclatura do MPLA-JES, diz publicamente ‘será neutralizado’ todos nós sabdemos o que ele(s) quer dizer com isso, acho que LBT também sabe, e sobre isso creio também não necessario entrar em detalhes, e eles já começaram a neutralizar, assassinando friamente na passada quinta-feira, as 20h30 a Claudeth de Andrade, a única voz/activista feminina visivel dos organizadores da manifestação para o dia 7 de Março, quer mais detalhes?.. converse com o povo humilde em Luanda, incluindo militantes do MPLA-JES, vá a Benguela, Cabinda, Huambo, Huila e também no Leste do País, e vai ‘ver’ em primeira mão o que o BB quer dizer com o termo ‘será neutralizado’!

“...não precisamos recorrer a Maios, para criar instabilidade” provávelmente deve estar a referir-se ao 27 de Maio 1977, onde a resposta de A. Neto e pares, foi das mais violentas de Africa e quiça do mundo (ao bom estilo de Hitler e Stalin), que vitimou mortalmente cerca de 30’000 cidadãos... o Sr LBT não esqueceu (ainda bem!) o POVO ANGOLANO TAMBÈM NÃO ESQUECEU, nem tão pouco a Justiça Internacional, por isso o regime que ‘produziu’ tal hiper-desproporcional resposta ao que se diz ter sido uma tentativa de golpe de estado (por um punhado de individuos, resultou num verdadeiro massacre nacional), NÃO PODE SER DEMOCRATA. Por outro lado o POVO não pode ‘criar Maios’ porque o povo é humilde e pacifico, tal como no passado hoje também o povo é VITIMA das brutalidades estalinistas de JES.

E ‘eles’ estão a ensaiar a reedição do 27 de Maio... só que AGORA, a conjentura politica internacional é outra... de qualquer forma, exactamente por isso e para evitar outros Maios, é que o povo diz BASTA, exige uma DEMOCRACIA REAL com alternâncias periódicas, exige LIBERDADE e a suprema liberdade de eleger por sufrágio directo e universal o Mais Alto Mandatário do País ou da Nação, claro isso para LBT “não tem interesse geral”.

De qualquer forma na minha opinião, o Sr LBT, fez tais comentários por despeito, por já não integrar a direcção do ‘seu’ PRS, para quem lançou algumas farpas ...”Existem partidos que neste momento deveriam realizar congressos mas fogem a isso. Se os partidos não forem democraticos, o país nunca será democratico, que também prestem contas atravês da publicação do jornal de Angola dos dinheiros do estado que recebem.” (fim de citação)

Tal ‘conselho’ serve como uma LUVA ao MPLA-JES, o carissimo ex-deputado, acha que apesar do MPLA-JES realizar congressos, tais congressos são realmente livres e democraticos? há verdadeiros debates de ideias e opiniões? Claro, por isso é que o País não é democratico, porque o MPLA-JES não é democratico. Entende-se porque no País não há (o regime não permite) verdadeiros debates (como LBT propõe), Marcolino Moco (MM) quando interrogado sobre o último congresso do MPLA-JES, ele disse-o claramente; “foi um congresso, só para corrigir a pontuação” (claro LBT, deve ter classificado MM de anti-democratico e quiça arruaceiro)... o MPLA-JES já publicou no diario, jornal de Angola, como gasta o que recebe do erário público?! Ou apenas tem que ser o PRS e os demais partidos politicos?, o MPLA-JES confunde propositadamente as finanças do partido com as finanças públicas, gasta muito mais do que recebe, além do mais NÃO PRECISA PUBLICAR NADA, porque é o partido do chefe, é o partido do dono de Angola, que faz e desfaz sem prestar contas literalmente a NINGUÈM, muito menos ao povo que os elegeu e tão pouco aos seus próprios militantes.

Ora é exactamente isso que os manifestantes do dia 7 de Março pretendem exigir (PRESTAÇÃO DE CONTAS REGULAR POR PARTE DOS GOVERNANTES), isto é MAU não é verdade? É indisciplina, em Angola temos leis e instituições e... blá-blá-blá, a lei e as instituições só funcionam para proteger JES e caudilhos, (conhecem algum governante que foi julgado e condenado por corrupção?... conhecem algum governante conhecido publicamente por CORRUPTO? Conhecem algum governante que exibe pecaminosa e escandalosamente RIQUEZA ILICITA isto é fruto de corrupção?) há alguma dúvida? Porque não permitem de facto LIBERDADE DE EXPRESSÃO? Começando por desamordaçar a imprensa, mantendo-a realmente independente, porque os funcionários da midia estatal (qual carapuça! Midia do MPLA-JES), têm que ser impedidos de inovar, e sancionados se ‘fugirem’ a linha editorial oficial, leai-se; do MPLA-JES.
.
Para o MPLA-JES a palavra democracia só funciona numa única direcção, só os actos de JES e esbirros que o idolatram são os que interpretam ‘correctamente’ a democracia, tudo o resto não passa de arruaceiros, incitadores da desobediência, desordeiros etc. O direito de manifestação, só pode ser exercida por individuos do ‘time’ do BB. O cidadão só é bom cidadão, se manifestar a continuidade pela continuidade, gritando a todos os pulmões viva JES, caso contrario “porrada se refilares”!

Na entrevista que Armando Guebuza, (dia 5 de Março) Presidente de Moçambique de visita a Paris concedeu a representante Portuguesa da Euronews, indagado sobre os efeitos da revolução de jasmim, garantiu a todos os que acham ser incontestáveis; OIÇAM O POVO, ao invêns de combatê-los.

“Ninguém pode trazer para Angola realidade de outros Países” concordo, quem o fez primeiro foi A. Neto que sem consultar os Angolanos e muito menos os militantes do seu próprio partido, introduziu o comunismo, então realidade da ex-URSS e ‘pares’ fazendo cópia integral do comunismo de Cuba para Angola, todos Nós sabemos qual foi o resultado. Se A. Neto, não introduzisse tal “realidade de outros Países comunistas” nunca a guerra fratricida teria lugar em Angola, ou pelo menos haveria cerca de mais de 50% de probabilidades de não ter tido lugar, e (a acontecer) não duraria TANTO TEMPO. “realidades” Que o MPLA-JES está a recupera-lo insolentemente, “esta voltando as raizes”.

Se M. Gorbatchev, não ‘fizesse’ a perestroika (...realidades de outros Países), nunca o MPLA iria abandonar a linha marxista (aliás nunca o abandonou, engavetou-o apenas na gaveta de cima da secretaria de JES), e nunca iria perimitir a existência de outros partidos politicos.

Ademais que tal a ideia de que o planeta é uma aldeia global?, provavelmente quem disse tal coisa deve ser um ‘burro ao quadrado’... Tunisia, Egipto, Argelia, Yémen, Libia etc, os povos têm motivos para contestarem os seus respectivos governos (por isso a imprensa oficial; do MPLA-JES censura-os), mas os Angolanos na opinião do MPLA-JES e outros ‘experts’; NÃO TÊM NEM UM ÙNICO MOTIVO para manifestarem descontentamento, idolatram JES e caudilhos, por isso a marcha do dia 5, ter sido chamado de marcha patriótica.

Roberto de Almeida, garantiu ao público se “as eleições fossem já, veriam quem o povo escolheria”, se assim é! PORQUE ENTÃO O MEDO ESCABROSO da manifestação popular independente?, se o MPLA-JES tem a certeza que a grossa maioria da população de Angola, esta a favor da continuidade da CORRUPÇÂO e da MISÈRIA? Porque não deixa a ‘minoria’ manifestar-se publicamente, se a lei mãe consagra este direito? Porque não permite que a voz do povo manifeste o seu sofrimento e dor, e haja então atravês da imprensa um debate do país de forma ordeira, abrangente, desapaixonada, para nos entendermos apesar das diferenças que existem? Só por curiosidade alguma vez alguém lembra-se de o regime ter permitido tal?!... até quando a imprensa estatal/do MPLA-JES, entrevista os populares (dando uma de independente), instruem antecipadamente aos entrevistados o que devem dizer, os que dizem a verdade tal e qual, suas palavras são eliminadas... e como muitos individuos gostam de ‘aparecer’ no pequeno ecrã mágico... lá vão repetindo a falta do “pão nosso de cada dia”, de acordo a cartilha bajuladora.

As manifestações a favor do MPLA-JES, são manifestações realizadas ‘a ponta da baioneta’ completamente manipuladas e corrupta, os funcionários públicos são obrigados a ‘aderir’ por medo de represálias, depois há as ‘ofertas’ da cerveja que atrai a juventude ociosa por uma ‘birra’ paga pelo ‘Braga’.

Eleições?!... sim, mas façam-no á serio, com uma comissão eleitoral independente, e verão o que vai acontecer. È provável que o MPLA-JES não saia derrotado, mas vai ganha-la arrasquinha, e se houver eleições presidencial, JES nunca ganhará.

Reacertem a constituição meus senhores e devolvem ao povo a sua soberania. Vamos as eleições senhor Roberto de Almeida e já, mas com uma CEI.

Dia 7 de Março, até pode fracassar mas a ideia e o despertar do povo Angolano, foi uma vitória estrondosa que fez eco até nas secretarias mais recônditas do planeta.

Daqui por diante, o povo Angolano já não estará mais adormecido a contento do MPLA-JES, e ‘carneiro’ a contento dos corruptos e corruptores.

POVO ANGOLANO, HEROICO E GENEROSO...A luta contra a tirania ainda não acabou.

QUE DEUS ABENÇOE ANGOLA E OS ANGOLANOS.

A LUTA CONTINUA.

Nguituka Salomão

Angola24horas.com
.

Sem comentários: