• O NATAL É VERMELHO - *Tinha na cabeça que tudo no mundo se conseguia por um exercício doloroso de vontade e que as frases tinham de ter um encantamento que convocasse o prime...
    Há 1 dia

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Francisco Lopes diz que Cavaco usa "invocações absurdas, inexatas...

.

… e criticáveis" para vetar diploma sobre tansexuais

JH/(JF/SMA) - LUSA

Santarém, 06 jan (Lusa) - O candidato presidencial Francisco Lopes considerou hoje que o veto do Presidente ao diploma para simplificar o procedimento de mudança de sexo tem justificações "absurdas, inexatas e criticáveis", acusando Cavaco Silva de pretender desviar as atenções dos problemas nacionais.

"Trata-se de um veto com invocações absurdas, inexatas e criticáveis. Só posso dar-lhe um significado político", disse aos jornalistas Francisco Lopes, à entrada para um comício em Santarém.

Na opinião do candidato apoiado pelo PCP e Verdes, Cavaco Silva - que se recandidata à Presidência da República - está a criar "um facto com o qual pretende desenvolver uma discussão que descentre do conjunto dos problemas essenciais do país".

O Presidente da República decidiu hoje não promulgar o decreto lei n.º 68/XI da Assembleia da República, que cria o procedimento de mudança de sexo e de nome próprio no registo civil, justificando a decisão com a existência de "graves insuficiências de natureza técnico-jurídica".

** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico **
.

Sem comentários: